Postagem pela TAG "Compras"


Chegou a época mais tentadora do ano para as consumistas de plantão: Black Friday!

Criada nos EUA, a expressão em inglês significa “Sexta-Feira Negra”. É a sexta- feira depois do dia de Ação de Graças, ou Thanksgiving em inglês, a última sexta do mês de novembro. Neste dia especial, as lojas de lá fazem grandes liquidações, e com isso muita gente aproveita para comprar os presentes para o Natal.

Aqui no Brasil, já temos até a Black Week, uma semana inteira de descontos em vários estabelecimentos. Mas, muito cuidado na hora de fazer suas compras, pois algumas lojas enganam o consumidor com o intuito de vender mais, por menos e na verdade, o valor não mudou em nada!

O importante nessas data promocionais é pesquisar bem e comprar somente o que valer realmente à pena. Muitas vezes somos induzidos a consumir sem necessidade e muito mais mais pelo desejo de possuir, que passa assim que saímos da loja com a peça desejada na sacola.

“Mais vale uma peça com o preço cheio que você vai usar bastante, do que uma peça com desconto que vai ficar guardada no armário, com etiqueta e sem uso.” (Luciana Caram)

Pense nisso e boas compras!

Crédito imagens: iNovo, Google







Já pararam pra pensar quantas vezes compramos peças só pelo preço ou porque tá na moda? E o que acontece? Ela fica jogada no armário (com a etiqueta!) porque não foi escolhida pensando no custo benefício dela, ou seja, na relação da quantidade de vezes que poderia ser usada com o preço que se pagou.

dica-da-consultora-Luciana-Caram-compras-party-style-001
Aí, vocês se perguntam: como fazer isso? Pense nas ocasiões que pretende usar a roupa (quantas festas, eventos, etc), quantos dias da semana ela pode entrar no look (no caso de roupas para o trabalho), com quantas outras peças do seu guarda- roupa ela vai combinar. Depois, calcule o preço da peça por uso. Por exemplo, uma saia que custa R$ 200,00 e você sabe que vai usar pelo menos 10 vezes em várias combinações: 200 / 10 = 20,00. Vale ou não vale o custo x benefício? E quanto mais se usa, mais ela vale! Essa dica serve para tudo: roupas, sapatos, acessórios, maquiagem…

dica-da-consultora-Luciana-Caram-compras-party-style-002

dica-da-consultora-Luciana-Caram-compras-party-style-003

Dica da Consultora: Em peças de liquidação, que geralmente não se pode trocar depois que leva pra casa, experimentar é essencial!

Um beijo,

Luciana Caram

Créditos imagens: Pinterest, FFW, Chain Image

Publicado por
Luciana Caram

       , , ,







Oi, gente! Hoje eu trouxe um tema pra gerar reflexão. Deu pra notar pelo título, né?

Já está mais que comprovado que todos (sim, todos nós!), compramos por impulso. Muitas vezes, somos atraídos por promoções, às vezes compramos para alimentar a autoestima, e tem quem compre para demonstrar status. Pesquisas mostraram que os produtos mais comprados por impulso são roupas, calçados, eletrônicos e celulares, e perfumes/cosméticos.

compras-por-impulso-Luciana-Caram-dica-da-consultora-party-style-002

Essas compras por impulso são realizadas sem um mínimo de planejamento e podem causar estragos na sua vida financeira (e emocional!). Por isso, a importância do autoconhecimento e do exercício diário dele. Claro, não é fácil, mas digo que através da consultoria de imagem também é possível aprender a comprar.

Conhecendo a si mesmo e ao seu guarda-roupa, fica mais fácil controlar o impulso, já que na hora de se vestir as possibilidades ficam mais claras. Na consultoria de imagem você aprende a comprar as peças que combinam com o seu estilo e com o seu biótipo, então, mesmo que de vez em quando você se premita comprar por impulso, será de forma mais consciente.

compras-por-impulso-Luciana-Caram-dica-da-consultora-party-style-001

Já pensou em investir em você, no seu autoconhecimento e tranformar esses momentos impulsivos em momentos de grande aprendizado?

Beijos!

Luciana Caram







© 2014 PartyStyle.

Todos direitos reservados.

Desenvolvido pela