Postagem pela TAG "saia lapis"


A história da saia lápis surgiu nas décadas de 40/50 por conta de um racionamento de tecidos logo após a Segunda Guerra Mundial. As mulheres da Europa aderiram ao estilo da saia lápis (seu formato longelíneo, sua versatilidade e possibilidade de combinações) e ela logo se tornou um clássico. Já no Brasil a peça surgiu na década 60 e desde então nunca mais saiu do guarda-roupa da mulherada.

Consideradas sensuais, discretas mas acima de tudo, elegantes, as saias lápis costumam ser associadas às mulheres poderosas e modernas. Faça frio ou calor, a saia lápis é sempre bem-vinda.

Veja alguns looks inspiração que separei para vocês montarem os seus looks e arrasarem!!!

– Saia lápis de couro preta:
(look mais formal: com camisas de seda de manga curta ou comprida)

– Saia lápis preta de malha, elastano ou poliéster :
(look despojando: tirando a seriedade com uma t-shirt)

– Saia lápis com textura ou estampas discretas:

– Saia lápis nude com fenda ou drapeado (a cor substituta do branco):

– Saia lápis estampada:
(look para coquetel ou casual chic – quando a peça de baixo é estampada, normalmente usa-se peça lisa em cima)

– Saia lápis jeans:
(nem precisa de comentários, não é mesmo?!)

– Saia lápis em corino, poa e bolsos:
(usando um clássico aliando à personalidade de cada um, perfeito!!!)

 

Segundo Glória Kalil respeite os mistérios da saia lápis:
1. A primeira providência ao experimentar uma saia lápis é olhar o traseiro num bom espelho duplo para ver como ficou. E dar alguns passos para ver como ela (a saia) e seu traseiro se comportam em movimento.
2. Saias lápis devem ficar longe de quem tem culotes e barriga.
3. O comprimento deve ficar por volta do joelho – ou um pouco abaixo
4. Se o tecido da saia for fino ou leve (malha, cetim, seda) use sempre com uma anágua de jérsei ou qualquer tecido bem escorregadio para que ela caia bem, não marque a calcinha nem grude de um jeito feio na parte de trás. Outra vantagem da anágua: evita que a saia deforme.
5. Se você tiver pernas longas e corpo curto use sempre com blusa, suéter ou paletó por fora da saia. Blusas por dentro da saia diminuem ainda mais o comprimento do corpo. Pior ainda se tiver peito grande.
6. Saias justas ficam ótimas com sapatos ou sandálias de salto alto.
7. Saias justas detestam a companhia de sapatilhas de bico arredondado e sapatos de boneca.
8. Saias justas em cores escuras diminuem quadris (por incrível que pareça, as estampadas também); em cores claras, dobram o tamanho deles.
9. Saias justas sem abertura atrás são perfeitas para gueixas. Se você não é uma delas e precisa dar passos normais ao andar não compre as sem fendas.
10. Para que ela não estique e forme horrorosos bolsões no traseiro, prefira saias feitas com tecidos que tenham um pouco de elastano.

Gostaram?!

Eu amo e uso sempre que posso! Ela alonga as baixinhas e deixam as altas super elegantes.

Um beijo,

(@PartyStyle_ Dicas e Inspirações)

Crédito imagens: Web
Fonte: sapatinho de boneca

Publicado por
Carla Câmara

       , , , ,







© 2014 PartyStyle.

Todos direitos reservados.

Desenvolvido pela